MUNDO 4.0 e SOCIEDADE 5.0 – o que são?

Maria Helena Simões de Carvalho


São tantas nomenclaturas, siglas, expressões idiomáticas, que às vezes nos perdemos ou confundimos. Sempre nos perguntam: qual a diferença de Mundo 4.0 e Sociedade 5.0?

Mundo 4.0 foi um termo moderno cunhado pelo governo alemão em 2011 para se referir à Quarta Revolução Industrial, focado na indústria 4.0 revolucionando a fabricação e distribuição dos produtos. Os pilares para possibilitar tal desenvolvimento são os avanços tecnológicos como Internet das Coisas, inteligência artificial e outros, realizando a produção inteligente.

Nessa perspectiva a empresa tem controle sobre cada processo melhorando os resultados em grandes proporções. Ação combinada de inovações e tecnologias digitais, acelerando o nível e qualidade produtiva, automatizando a maior parte dos processos operacionais e até os estratégicos.

Essa modernização no Brasil encontra-se no início. A maioria de nossas empresas ainda utiliza modelos de produção tradicionais. Muitas já estão buscando compreender melhor todo movimento e, gradualmente, investindo nesse sentido.

Nesse movimento muitas funções, profissões, atividades não serão mais necessárias. Com certeza será imprescindível muita capacitação e novas profissões já estão surgindo: mecânicos de telemetria, programador de unidades de controles eletrônicos, desenvolvedor de software, influenciador digital, professor online, analista de big data e muitas outras.

Outra necessidade de total importância será o desenvolvimento de habilidades permanentes e competências duráveis (soft skills), voltada às atitudes e comportamentos imprescindíveis nesse novo mundo. Um capital humano mais desenvolvido e qualificado. No centro do Mundo 4.0 está o domínio da máquina.


E a SOCIEDADE 5.0???? A partir de 2016 o Japão passou a se referir a Super Smart Society 5.0 (Sociedade Super Inteligente) incorporando a 4ª. revolução industrial ao proporcionar o uso da evolução tecnológica com foco em beneficiar a sociedade. Considerando recolocar o Homem no centro dos processos, buscando melhorar a vida do ser humano através de serviços e produtos sustentáveis, visando cura de doenças, prevenção de catástrofes, redução das dependências físicas em relação à mobilidade e muito mais.

Relembrando as Eras da Evolução:

Primitiva 1.0 – caçadora/coletora/nômade Agrícola 2.0 - organizada em cidades – Industrial 3.0 – e a Era da Informação 4.0.

Aqui no Brasil grandes empresas já estão no ambiente 4.0, introduzindo os ideais da Sociedade 5.0 – Algumas pequenas e médias procurando viabilizar.

No geral nossa educação ainda está com atraso, temos muitas barreiras burocráticas e tributárias e nossas vantagens como produtores agrícolas, por exemplo, precisam ser melhor valorizadas.

Há uma convergência com os aspectos difundidos pelo Capitalismo Consciente e seus pilares: Propósito Maior, Cultura Consciente, Liderança Consciente e Orientação para Stakeholders. Ao tomar contato com esse movimento global nossos empresários empreendedores poderão conseguir orientações mais específicas para desenvolver seus modelos de gestão.

Ao ler este texto que boas reflexões poderão ser realizadas?

75 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo