Excelente reflexão: 21 lições de Yuval Harari!



Autor: Maria Helena Simões de Carvalho

Sigamos no propósito de trazer bons autores nos proporcionando momentos de novas percepções para alimentar nossa capacidade de analisar criticamente todo contexto em que vivemos.

Desde 2018 quando foi publicado o livro de Harari já tivemos contato com diversas reações, algumas mais animadas, outras reagindo forte, muitos desistindo da leitura. Que tal lermos o livro para que possamos exercitar nossas engrenagens cognitivas e buscar nossa própria perspectiva de tudo que ele nos propõe?

Em que esse livro pode contribuir diante de nossos desafios atuais? Primeiro grande valor agregado: parar e pensar! Um exercício cada vez mais raro em meio à correria do dia a dia em que estamos imersos. (um grande perigo continuarmos nesse “modus operandi” porque poderemos ser surpreendidos por pessoas que podem estar pensando e de repente nos afetarão, impactando nossa própria vida).

Muitos param a leitura nos primeiros capítulos por considerarem extremamente pesado e pessimista, gerando certa angústia. Na realidade o livro é um sinal de alerta para tantas e tão aceleradas transformações em todas as áreas de vida. Quais as grandes questões globais que podem afetar cada um de nós e como nós indivíduos estaremos afetando o mundo? Ao contrário de ficar pessimistas é talvez um choque para que nos coloquemos atentos investindo nossa energia para buscar e criar caminhos de superação.

O autor é muito bom em criar conexões entre opostos que podem parecer díspares. Muito antenado em assuntos de suma importância na atualidade. Extrema facilidade para transmitir suas ideias. Instiga reflexões vitais para nossa existência. Deixa evidente seu respeito por toda espécie humana e nossa proeminência, respeitando as diversas culturas, enfatizando a necessidade de colaboração e construção conjunta de soluções para beneficiar os diferentes povos.

Indica de forma clara competências fundamentais para transitar saudavelmente nesses novos tempos: fortalecimento pessoal através do autoconhecimento, compreendendo quem e como somos. Ter consciência de que qualquer ação minha estará impactando o universo. Muita lucidez para que nossa jornada seja de constante aprendizado, se reinventando eternamente. Que nossa vida tenha um sentido, propósito. Total flexibilidade mental e grande reserva de Equilíbrio Emocional. Enfatiza ao final competências como criatividade, colaboração, pensamento crítico, capacidade de comunicação. Lidar construtivamente com o estresse de estar sempre aprendendo e desaprendendo em meio às muitas pressões do cotidiano. Ressalta os benefícios da meditação para contribuir com nossa saúde mental.

Valerá muito aproveitar essa oportunidade de boas reflexões para exercitarmos nossa Responsabilidade Pessoal, traçando – como protagonistas – os caminhos que queremos construir.

31 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo